Mercado de eventos tem expectativa de crescimento em 2018

Segmento de eventos segue como um dos que ainda mais crescem no País. Estudo
realizado com mais de 2,7 mil empresas do setor, pelo Sebrae Nacional e
Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC), aponta que o setor
movimentou R$ 209,2 bilhões, em 2013, 4,32% do PIB brasileiro no período.
Pesquisas anteriores, de 2002, davam conta de R$ 37 bilhões.

Embora tenha passado por mudanças para se ajustar a crise, o segmento ainda é
promissor. “2017 foi um ano de muito trabalho para o grupo e acreditamos que 2018
será ainda melhor”, afirma Aldo Teixeira, que organiza centenas de eventos por ano,
nas casas que administra na capital paulista.

Criado a partir da sociedade dos empresários Aldo Teixeira e Faustino da Silva, o
Grupo Alfa, atua na área de alimentação voltada para a hotelaria e eventos há cerca
de 40 anos. Cada restaurante tem um perfil específico e diferentes configurações de
espaço para eventos de pequeno e médio porte, além do Espaço Immensittá, cuja
cozinha é responsabilidade do grupo.

O Espaço Immensitá nasceu integrado a um complexo hoteleiro de bandeira
internacional, na região de Santana, maior polo de eventos, feiras e congressos da
América Latina (Parque Anhembi e Expo Center Norte). Com três ilhas
independentes capazes de abrigar os mais diferentes tipos de eventos, o espaço
permite criar em uma mesma área ambientes diversos.

O setor de alimentação do Espaço Immensitá foi totalmente equipado para atender
com qualidade e agilidade eventos de qualquer tamanho ou especificações. O
espaço também está alinhado aos conceitos de sustentabilidade, sendo o primeiro
local para eventos do Brasil a receber o Certificado Ambiental Internacional AQUA
(Alta Qualidade Ambiental).

O restaurante Fior D`Itália, que fica no mesmo complexo, tem perfil de organização
de casamentos e almoços para grandes grupos. O salão principal acomoda até 350
pessoas, já o bar 130 pessoas. Além disso, a casa conta com serviço e mão de obra
completa para eventos.

Tuhu, localizado na Vila Leopoldina, em um condomínio de escritórios, costuma ser
acionado para eventos de pequeno porte nas empresas que têm sede na localidade.
Fornecimento de coffee break, comidas e bebidas para pequenas confraternizações
é o perfil do restaurante, em relação aos eventos.

Já La Terrina e La Forchetta, atuam no fornecimento de alimentos, bebidas e equipe
para eventos de pequeno e médio porte nas regiões de Pinheiros e Vila Olímpia,

respectivamente. La Forchetta espera um crescimento de 18% por conta de criação
de menus especiais e festivais.

O Montepulciano é o último lançamento do grupo. Inaugurado em 2015, a casa que
fica na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, na zona sul de São Paulo, está
localizada em uma região que concentra grande número de escritórios e tem perfil
de comida rápida. Assim como Tuhu, também atua como fornecedor de coffee break
e comidas e bebidas para confraternizações de empresas.

Por Dino, 12 jan 2018, 14h13.

https://exame.abril.com.br/negocios/dino/mercado-de-eventos-tem-expectativa-de-crescimento-em-2018/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *